15 maio 2006

A revolta das cuecas


Não, isto não se está a tornar um fetiche. Mas, francamente, acho que ontem as velhinhas de Alfama deram todas em pôr cuecas solitárias ao sol. Será um sinal cabalista do fim dos tempos, esta exposição compulsiva de objectos que representam a menopausa, e logo o fim da fertilidade, e logo o fim da reprodução, e logo a falência absoluta do sistema de Segurança Social, e logo que todos vamos ter de pagar mais contribuições porque temos menos filhos, e logo que não vamos ter reformas, e logo que vai baixar ainda mais a produtividade por ficarmos desmotivados, e o país vai enterrar-se ainda mais na crise... Aaaarrgh, estamos perdidos! Portugal não tem salvação. Sr. engenheiro, proíba as velhinhas de Alfama de espalharem maus augúrios em cuecas, bandeirolas da desgraça, e tome a medida ambiental mais sensata: nada de cuequinhas na janela depois dos 60.

9 comentários:

zp disse...

Meu caro, acho que estás a exagerar um pouco. As cuecas à janela são apenas mais uma manifestação de apoio à selecção portuguesa de futebol.

Tiago Araújo disse...

A mim parece-me uma bandeira branca, de rendição.

Catarina disse...

Sabe, Sr. Matos, há teorias da psicanálise que explicam esse comportamento. Não o comportamento de quem estende aquele tipo de peças de roupa à janela, mas de quem, em pleno fervilhar de Alfama, apenas centra a sua atenção - e objectiva - naqueles pequenos trapos encardidos que abafam vergonhas e odores jurássicos. Será algo que estimula a sua imaginação? Os seus sentidos? Conseguirá o Sr. Matos imaginar algo de perverso que possa nas últimas décadas ter acontecido sob tais peças? O que o motiva por detrás da objectiva, Sr. Matos?

zp disse...

Senhorita Catarina, o Sr. Matos exprime-se por metáforas. Apenas nos quis demonstrar que o Sr. Scolari, mesmo que perceba de futebol, de etnografia não percebe nada. Ora, se o objectivo de um jogo de futebol é roubar a bola aos outros, como é possível não ter convocado para o Mundial2006 o Sr. Quaresma?!...

Catarina disse...

Ólh`a piada xenófoba! É a 5 euro, a 5 euro! E vai um oculozinho da Raiman? Para si é a 15. Preçozinho de amigo...

Vìtor Matos disse...

Adoro quando vocês começam a dialogar dentro da caixa de comentários...

Anónimo disse...

Hey what a great site keep up the work its excellent.
»

Bruno disse...

Então ninguém se lembra da óbvia: "O país está de tanga"? Não, pior: está de cuecão!

SFA disse...

Não será uma visão demasiado pessimista e uma sequencia um bocadinho ilógica. deixe lá as cuequinhas das avós de Alfama, não as veja como velhinhas mas como avós que procriaram, foram ás marchas e conservam o seu lugar ao sol num dos mais belos bairros de Lisboa. quem é que se lembra da crise quando passa nestes tão belos locais de descanso visual e centra as atenções nas roupas interiores? é que a filosofia que viria do cliché do gatinho à janela não conseguiria dar um encandeamento tão negativo, certo?..mas, apesar do significado de tal peça de roupa, contra aquela porta verde dá um óptimo apontamento fotográfico!